Bate-Bola | Hélio Lima | 27/08/2015 14h59

Júlio Flávio Melo

Compartilhe:
(Foto:Arquivo Pessoal) (Foto:Arquivo Pessoal)

Júlio Flávio Melo

O site Esporte Ágil conversou com Júlio Flávio Melo, ex-dirigente e treinador do Vasco da Gama/Ajax, no Fut-7, além de ter sido bicampeão mundial da modalidade pela seleção brasileira, em que trabalhou como coordenador.

Natural de Campo Grande, Júlio voltou para Mato Grosso do Sul depois de 20 anos no Rio de Janeiro com o projeto de criar a Liga Campo-grandense Fut-7 (LF7CG).

Esporte Ágil - Qual é a proposta da Liga Fut-7 Campo-grandense?

Júlio Flávio - A  LF7CG será responsável pela difusão coordenação e normalização toda parte técnica e lojistica das categorias principal Master base e feminino. criando um ranking. O objetivo é colocar Campo Grande no cenário nacional do Fut-7.

EA - Qual é a história do Fut-7 no Brasil?

Júlio - A historia de futebol Society começou em 1950 no Rio de Janeiro, quando praticava-se futebol de amigos nos quintais dos casarões da Tijuca. O primeiro campo da modalidade foi na rua Uruguai, localizada na Tijuca.

Em 1986 foi criada a primeira federação Federação Gaúcha de futebol Society. No ano de 1996 foi criada a Confederação Brasileira de Futebol 7 (CBF7).

Hoje temos mais de 12 milhões de praticantes em 4.000.00 campos, nas 24 federações estaduais e 150 ligas municipais.

As principais equipes do país tem suas equipes de Fut-7. A seleção brasileira foi tricampeã mundial.

EA - Você enxerga potencial no esporte em Campo Grande?

Júlio - Sim. Eu vejo que a modalidade é muito praticada aqui. Existem ótimos campeonatos e bons jogadores, só que com regras diferentes.

Tenho certeza que quando começar as competições e a adaptação ao Fut-7, vamos ter ótimos representantes em competição nacionais. Existem muitas pessoas com muita expectativa nas competições de Fut-7 em Campo Grande.

EA - A cidade tem várias campeonato amadores no bairros? Você acha que a Liga poderia trabalhar junto com os organizadores destes certames?

Júlio - Sim, desde que o campeonato seja o Futebol Society com regras da CBF7. A LF7CG a ser criada estará sempre aberto a conversa  e parcerias.

EA - O que você acha das competições do interior de MS?

Júlio - O  projeto não é só criar a Liga em Campo Grande, mas em outros municípios. Durante essa semana eu tive uma reunião com o Senhor Antônio Coca, diretor da Fundação de Esporte de Dourados.

Deixamos bem encaminhado para a criação da Liga em Dourados, que seria a LF7D, e derrepente vamos ter uma competição ainda esse ano a idéia do Senhor Coca e fazer uma arena de Futebol 7 dentro do Douradão  (estádio).

Eu ainda pretendo ministrar um curso de árbitros para o Fut-7, ministrada pela CBF7. Também estive em Ponta Porâ; Lá existe um campo sintético com tamanho oficial pronta para a prática de Fut-7.

Tenho certeza que muito em breve teremos competição de alto nível de Futebol 7 em Mato Grosso do  Sul.

EA - Como a Confederação Brasileira pode apoiar este projeto?

Júlio - Tenho total apoio da CBF7 na pessoa do Sr Presidente Wilson Vilela  e do vice Presidente Vitor Diniz. O Fut-7 é modalidade que mais cresce no País. Eu queria dizer aos leitores, atletas e presidentes de clube que a LF7CG vai ter competição em 2016.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS