Personalidade | Hélio Lima/MS Cross | 03/05/2016 17h00

Carlos Eduardo Franco

Compartilhe:
O #317 é o número mais temido das pistas Sul-mato-grossenses (Foto: Hélio Lima) O #317 é o número mais temido das pistas Sul-mato-grossenses (Foto: Hélio Lima)

Carlos Eduardo Franco

Tricampeão Brasileiro na categoria Nacional 230 cc (2008, 2010 e 2012) no Motocross, Carlos Eduardo Franco retornou às pistas de Mato Grosso do Sul com tudo em 2016.

Com atuações espetaculares, como no Campeonato Brasileiro de Velocross, realizado em Sete Quedas - sua terra natal, quando venceu as quatro provas que disputou, Carlos Eduardo está escrevendo o seu nome na história do Motocross do estado.

Além dos títulos brasileiros, na categoria Nacional 230 cc, o setequedense de 27 anos, foi hexacampeão Paraguaio, nas categorias MX1 e MX2 (2010, 11 e 12), e paranaense (2012) em ambas categorias.

Neste ano Carlos Eduardo compete pela Amaral Racing, equipe de Dourados que reúne nomes históricos do Motocross e Velocross Sul-mato-grossense, como os multicampeoês Fábio Fesit, Junior Feitosa, Emerson Filé e Mano, mesclados com jovens promessas como José Luis Sabo, Manoel Tavares e Luan Amaral.

Mano e Fábio Festi, são dois dos pilotos que Carlos Eduardo tem como ídolos. Segundo ele, era os pilotos que ele tinha como referencia quando começou a correr. Ele também cita o piloto de Sete Quedas Marcos Rosa. "Eu lembro quando era guri. Teve uma prova de Motocross lá em Sete Quedas, e eu entrei no boxe. Eu fiquei olhando, e pensando - "Nossa, olha como esses caras andam. Eu ficava me espelhando neles", afirma.

Carlos Eduardo começou a carreira em 2004. A primeira prova de Carlos Eduardo em um Campeonato Brasileiro Dd Motocross, foi no ano de 2005, em Dourados.

Em 2008, ele disputou a categoria 230 cc, quando venceu todas as provas que disputou, e se sagrou campeão da categoria pela primeira vez, competindo pela equipe Pro Tork. Carlos Eduardo ainda levou a taça da categoria nas temporadas de 2010 e 2012.

O piloto de Sete Quedas também já passou pelas equipes KTM, Kawasaki e Honda, time que competiu no Campeonato Paraguaio MX1 e MX2, conquistando o tricampeonato - 2010, 2011 e 2012.

Em 2012, o setequedense faturou o Paranaense de Motocross, nas categorias MX1 e MX2.

No ano passado Carlos Eduardo estava competindo pela equipe IMS/Honda, mas teve que retornar ao estado por problemas particulares.

Em 2016, Carlos Eduardo mira na conquista do bicampeonato Paranaense de Motocross, além de retornar ao Brasileiro. "O objetivo em 2016, é ser campeão paranaense, além de andar algumas etapas do Brasileiro.

Carlos Eduardo destaca a importância do esporte, "Queria dizer a todos que esse esporte tira os jovens do mau caminho, através da disciplina, dedicação e amor ao esporte. Eu sou grato a esse esporte", completa.

Ele ressalta a importância do apoio que o fez continuar no esporte. "Eu queria deixar um agradecimento em especial ao Júnior Amaral, dono da equipe Amaral Racing, aos meus pais, a minha mulher, ao meu filho, e aos meus torcedores, que me incentivaram cada dia a continuar".

Os patrocinadores de Carlos e da Amaral Racing são a ASK Motors,TBT Suspensões e Escapamentos Bel Parts.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS