Esporte Ágil - Paratleta integrante do Vida Nova conquista duas medalhas de prata em campeonato brasileiro
Paradesporto | Da redação | 16/11/2017 09h24

Paratleta integrante do Vida Nova conquista duas medalhas de prata em campeonato brasileiro

Compartilhe:

A paratleta Ana Lúcia Serpa, 42 anos, integrante do projeto Vida Nova da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), conquistou no fim de semana duas medalhas de prata no Campeonato Brasileiro de Tiro Esportivo pela Associação para Desporto do Pantanal (ARPP), realizado no Centro Militar de Tiro Esportivo (CMTE), no Rio de Janeiro. Ao todo dez paratletas de Mato Grosso do Sul foram medalhistas e também receberam troféu de melhor equipe do Brasil.

A sul-mato-grossense Ana Lúcia conquistou a segunda colocação com 245, 5 pontos na prova R4 (Carabina de ar posição em pé 10m misto (classe SH2); o paulista Alexandre Galgani conquistou o tetracampeonato com 249.8 pontos e Bruno Kiefer conquistou o bronze com 223,3 pontos. A segunda medalha de Ana Lúcia foi na modalidade R5 (Carabina de ar 10m – Deitado – Misto – SH2).

A competição foi a última no calendário deste ano e valerá pontos para o ranking nacional, servindo com base para a formação das seleções que representarão o Brasil nos campeonatos de 2018, incluindo o mundial da modalidade na Coreia do Sul.

Ana Lúcia Serpa, 42 anos, teve poliomielite aos nove meses de vida e desde então ficou impossibilitada de andar. Incentivada pela mãe sempre buscou seus ideais, estudou, trabalhou, casou, tem uma filha (que está com 12 anos), é bastante vaidosa e comunicativa. Em 2014 começou a fazer fisioterapia na Clínica–Escola UCDB, pois se sentia fraca, impossibilitando a locomoção.

Ao mesmo tempo, ela começou a praticar tiro esportivo e participar de competições, mas sem êxito. Em uma das sessões de fisioterapia conheceu o Projeto Vida Nova e por meio dos exercícios de musculação melhorou o rendimento no esporte, conquistando no ano passado a primeira medalha (prata) na Copa Brasil Associação de Reabilitação de Paradesporto do Pantanal (ARPP).

Mas as conquistam não pararam por aí, em setembro conquistou medalhas de bronze em duas modalidades da II Copa Sudamericana de Tiro, e agora acaba de conquistar prata no Campeonato Brasileiro de Tiro Esportivo, realizado no Rio de Janeiro.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS