Futebol de Base | Da redação | 13/03/2017 14h57

Goleiro de MS é promessa nas categorias de base da Ponte Preta

Compartilhe:
Gabriel Silva, aos 15 anos, mede 1,80m e atualmente defende o sub-15 da equipe de Campinas. Gabriel Silva, aos 15 anos, mede 1,80m e atualmente defende o sub-15 da equipe de Campinas. (Foto: Divulgação)

Apesar de exportar bons jogadores para o futebol brasileiro, caso do campo-grandense Jean e do douradense Lucas Leiva, Mato Grosso do Sul não tem tradição em revelar grandes goleiros. E nadando contra a corrente surge uma promessa: o jovem Gabriel Silva, que, aos 15 anos, mede 1,80m e atualmente defende a equipe sub-15 da Ponte Preta (SP).

O arqueiro está em sua segunda temporada pela Macaca e vai disputar o Paulista da categoria neste ano. Saiu de Campo Grande sem clube, treinando por conta própria e com a ajuda dos pais e irmãos. Atualmente, mora no CT Recanto da Macaca, em Jaguariúna.

“No começo é complicado ficar longe da família, mas, com o tempo, acostuma. Aqui não tem nenhum luxo para os atletas, mas tem o necessário. Nunca falta nada para a gente: alimentação, uniformes de treinos, quartos”, diz o jovem ao Esporte Ágil sobre seu período de adaptação.

Gabriel começou no futsal, como a grande maioria dos jogadores de futebol. Começou na linha, mas “não deu muito certo”, rememora. Ainda na quadra, disputou um amistoso contra uma equipe que também tinha equipe de campo. Seu pai conversou com o técnico e conseguiu uma vaga para o garoto, que passou a atuar no gol.

Sem apoio em Mato Grosso do Sul, decidiu tentar a sorte em outros gramados. Participou de uma peneirada no São Paulo, mas não foi aprovado. Apesar disso, foi no clube do Morumbi que pintou a oportunidade de defender a Ponte Preta.

“Como no Estado quase não tem time de base, tivemos que procurar um time bom fora do Estado. Eu fui para o São Paulo fazer um teste, mas não deu certo. O treinador de goleiros me avaliou e passou o contato do meu irmão para um dos treinadores da Ponte. Eles se interessaram e me chamaram para fazer uma avaliação. Eu fui, fiquei um tempo sendo avaliado e eles gostaram do que apresentei”, lembra.

O goleiro chegou ao time de Campinas em agosto do último ano e já disputou o Paulista Sub-14. Agora, se prepara para o Sub-15. Apesar da idade, não esconde seu maior desejo: vestir a amarelinha. “Meu sonho é virar profissional e defender a Seleção Brasileira em uma Copa do Mundo. Acho que é o objetivo de quase todos os atletas”, finaliza.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS