Futebol | Diarionline | 10/01/2019 09h37

FFMS notifica Corumbaense para que apresente laudos do Arthur Marinho

Compartilhe:

Em nota publicada nesta quarta-feira, 09 de janeiro, no site da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS), o departamento técnico da FFMS informa ter notificado o Corumbaense Futebol Clube (CFC) sobre “pendências documentais” que o clube possui com a Federação.
As exigências são referentes ao Estádio Arthur Marinho, onde o time da Avenida General Rondon manda seus jogos. O não cumprimento dessas obrigações pode comprometer a realização de partidas do Estadual de Futebol da Série A deste ano em Corumbá.

Assinada pelo vice-presidente e diretor técnico de competições da FFMS, Marco Antônio Tavares, a notificação cobra a apresentação dos seguintes documentos pelo "Carijó da Avenida": laudo de prevenção e combate a incêndio e pânico; laudo de segurança; laudo de condições sanitárias e de higiene.

A Federação também cobra contrato com empresa privada ou convênio com a Secretaria Municipal de Saúde garantindo a presença de pelo menos 1 médico; 1 enfermeiro e uma ambulância em seus jogos como mandante; contrato com brigadistas – na proporção de 1 profissional para cada 250 ingressos colocados à venda –; contrato com orientadores de público (também na faixa de 1 profissional para cada 250 ingressos colocados à venda); contrato com gerente de segurança em estádio de futebol, com apresentação do devido currículo profissional e certificado do curso para exercer a função.

Por fim, a FFMS quer a apresentação da autorização/cedência de utilização do estádio caso o clube não seja o dono da praça esportiva.

A notificação (n°004/2019) reforça que a “ausência de tais documentos implica em não designar nem realizar jogos do Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol Profissional – Série A Edição 2019 no estádio Arthur Marinho”. A norma tem como fundamento a Lei 10.671/2003 que estabelece o Estatuto de Defesa do Torcedor e o Regulamento Geral da Competição em seu artigo 51.

Documentos estão sendo providenciados

O tesoureiro do Corumbaense, Luiz Bosco Delgado, disse que todos os documentos exigidos pela FFMS estão encaminhados. "Nós já temos o laudo da Vigilância Sanitária e a Polícia Militar esteve hoje fazendo vistoria no estádio para emitir o laudo de segurança. Falta a vistoria do Corpo de Bombeiros. As outras exigências também já foram providenciadas", afirmou o dirigente ao Diário Corumbaense ao reforçar que todo o trabalho é feito em conjunto com a LEC (Liga de Esportes de Corumbá), que desde o final de 2017 retomou a administração do Arthur Marinho. Ele ainda ressaltou que o clube tem até o próximo dia 13 para entregar os documentos.

De acordo com a tabela divulgada pela Federação de Futebol, o Corumbaense, atual vice-campeão do Estadual, estreia na competição no domingo, 20 de janeiro, no estádio Jacques da Luz, em Campo Grande, em partida contra o Operário, campeão da competição em 2018, às 16 horas. No Estádio Arthur Marinho, a primeira partida está programada para o dia 23, quarta-feira, contra o Novo.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS