Esporte Ágil - Fundesporte ‘sonha’ em trazer dois grandes eventos ao Estado
Eventos | O Estado MS | 18/01/2016 13h39

Fundesporte ‘sonha’ em trazer dois grandes eventos ao Estado

Compartilhe:

Com poucos espaços estruturados para receber jogos, a Fundesporte (Fundação de Desporte e Lazer de Mato Grosso do Sul) incluiu em seu calendário, grandes eventos como o Jabs (Jogos Abertos Brasileiros) e a etapa nacional das Paraolimpíadas Escolares, programadas para o segundo semestre. A fundação deseja realizar 14 eventos esportivos durante o ano.

Na Capital, os principais palcos esportivos, estádio Morenão, ginásio Guanandizão, e a pista de atletismo do Parque Ayrton Senna, estão interditados.

“Em relação à estrutura, realmente nossa situação é crítica, analisaremos caso a caso. Infelizmente, não tem nenhuma cidade, exceto Campo Grande, que comporte todas as modalidades. Para driblar a falta de locais adequados, acredito que iremos separar novamente as modalidades individuais das coletivas”, disse o diretor presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda.

“Abrimos para as prefeituras concorrerem a sediar os eventos. Após as inscrições, escolheremos as que tiverem melhores condições”, explicou Miranda.

Já os eventos nacionais pleiteados pelo Estado geralmente são realizados somente em uma cidade. Ou seja, somente a Capital teria condições de receber as competições de grande porte, segundo Miranda.

Dirigente conta com valor total do orçamento para reformas de ginásios

“Estamos na expectativa de um aporte maior de recursos para resgatar os Jogos Indígenas e o da terceira idade. Acredito que com o novo orçamento isso será possível, inclusive com recursos para reforma de ginásio e espaços esportivos”, completou.

Conforme o dirigente, o Governo Estadual aprovou o orçamento apresentado em dezembro no valor de R$ 16 milhões para a pasta. “Uma coisa é o orçamento, outra coisa é o financeiro, mas foi aprovado sim. Como enxugamos os gastos e criamos um setor de fiscalização acreditamos que faremos um ano bem proveitoso. O Governador [Reinaldo Azambuja – PSDB] espera conseguir mais recursos do Ministério do Esporte”, afirmou o dirigente.

A verba estimada pela Fundação corresponde a apenas 0,11% do orçamento total previsto pelo governo estadual para este ano. De acordo com o site do governo, em 2015 a entidade esportiva trabalhou com um total empenhado no valor de R$ 6 milhões.

Oito eventos ainda estão sem locais definidos

A programação prevista pela Fundesporte começa em março e segue até novembro. Conforme a tabela apresentada à reportagem, oito eventos estão sem locais definidos.

São eles: Jems (Jogos Escolares de Mato Grosso do Sul), Jams (Jogos Abertos de Mato Grosso do Sul), 10º Jogos da Nações Indígenas, Jogos da Melhor Idade. Campeonato Escolar de Seleções, Etapa Nacional dos Jogos Escolares da Juventude de 12 a 14 anos e também os de 15 a 17, Paraolimpíadas Escolares – Etapa Nacional e os Jabs (Jogos Abertos Brasileiros).

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS