Esporte Ágil - Segunda edição do Pantanal Extremo abre inscrições em Setembro
Esportes Radicais | Da redação/com Assessoria | 23/04/2014 10h54

Segunda edição do Pantanal Extremo abre inscrições em Setembro

Compartilhe:

Corumbá (MS) - Com a expectativa de participação de mil atletas – quase o dobro em relação a 2013 -, entre profissionais e amadores, a segunda edição do Pantanal Extremo abre inscrições no dia 22 de setembro e deverá contar com uma sétima modalidade: a corrida de trilha, com percurso de 12 quilômetros. A competição reunirá brasileiros e estrangeiros em Corumbá, a Capital do Pantanal, de 13 a 16 de novembro.

Depois do sucesso no ano passado, atraindo atletas de nível olímpico e sediando o primeiro campeonato brasileiro na modalidade de stand up paddle, a prefeitura de Corumbá investe em um modelo de organização que tornará o Pantanal Extremo no maior evento do esporte de aventura do Brasil. “Estamos nos preparando para isso, com mais profissionalismo e melhor nível técnico”, disse Rodrigo Terra, coordenador dos jogos.

Inscrições - A primeira reunião técnica para formatar a segunda edição, realizada no escritório de Corumbá em Campo Grande, nesta terça-feira, definiu que as inscrições e pagamento das taxas, ao contrário do ano passado, serão centralizadas em um único endereço eletrônico, sob a responsabilidade de uma equipe especializada, que também ficará cuidará da distribuição dos kits aos atletas. As inscrições se encerarão em 31 de outubro.

No ano passado cerca de 500 atletas profissionais e amadores participaram das provas de ciclismo, natação, stand up paddle, orientação, canoagem e voo livre. Este ano, somente a corrida de trilha, ainda a ser confirmada, reuniria 300 atletas, na avaliação de Diego Souza, diretor técnico da empresa Sports Eventos, que organiza a prova, cujo desafio não tem limite e a criatividade dos organizadores também não.

Medalhas

O Pantanal Extremo tem como objetivo integrar a prática esportiva com a riqueza cultural e ambiental de Corumbá, destacando a importância da preservação da planície pantaneira, bioma considerado Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera pela Unesco. A proposta é atrair ainda mais competidores, inclusive internacionais, diversificando o Pantanal Extremo e mostrando as potencialidades turísticas da região.

Durante a reunião, o coordenador Rodrigo Terra adiantou que, a partir deste ano, todos os atletas inscritos receberão medalhas. Participaram do encontro: Durval Barbosa Filho, representando a Federação de Esportes Aquáticos; Vanessa Coin, da Federação de Voo Livre; Admir Arantes, da Federação de Canoagem; Diego Souza, diretor técnico da corrida de trilha; e Carlos César Gimenes, da Federação de Ciclismo. 

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS