Esporte Ágil - Atletas destacaram esporte aliado à beleza da natureza pantaneira
Esportes Radicais | Da redação/com Diário Online | 25/11/2013 10h28

Atletas destacaram esporte aliado à beleza da natureza pantaneira

Compartilhe:

Corumbá (MS) - Os vencedores das modalidades disputadas no Pantanal Extremo, foram premiados em duas etapas. No sábado à noite e no domingo à tarde, no encerramento da competição que durou três dias, em Corumbá. O clima foi de muita descontração, superação e harmonia entre os competidores.

“Há quatro anos pratico o Stand Up Paddle, conheci com amigos e hoje estou me dedicando plenamente. Meu melhor resultado foi conseguir neste ano a classificação de terceiro lugar na disputa mundial, no Peru. Já nacionalmente, sou bicampeã da modalidade. Esse geralmente é um esporte praiano, e, particularmente, foi um prazer estar aqui, pois adoro a beleza da natureza selvagem, foi inesquecível. Enquanto competia, vi jacaré, capivara, foi uma competição que me permitiu ser turista ao mesmo tempo. Estão todos de parabéns, pois a organização mostrou ter um excelente suporte para as competições, sendo melhor estruturado do que diversas competições que já passei Brasil afora”, avaliou Bárbara Brazil Nunes, de 39 anos, primeira classificada na categoria feminina Stand Up Paddle.

“O Pantanal é conhecido no mundo inteiro como um lugar exótico, de difícil acesso, de perigos e o desafio é maior quando você está dentro dele. Ficou claro que vencemos esse desafio, vimos aqui que há uma natureza que nos contemplou. Os atletas puderam prestigiar a natureza enquanto competiam, pois o Stand Up Paddle possibilita isso, enquanto o atleta rema, ele observa o que está ao seu redor e pudemos observar uma das maravilhas do mundo, que é natureza bruta e seus animais. Foi uma ótima competição e na próxima edição estaremos presentes com um número maior de atletas”, garantiu  Ivan Floater, presidente da Absup.

O corumbaense Paulo Faro Filho, de 35 anos, que disputou a categoria mountain bike open, também estava realizado, pois, começou a praticar o esporte há apenas três meses.  “Antes pedalava apenas por prazer, agora  decidi investir e pretendo melhorar mais. Cheguei em terceiro lugar porque venho de uma infecção intestinal. O sol não foi um problema, não tive dificuldade com o calor, pois minha estratégia de treino foi sempre pedalar às 11 horas da manhã, para estar apto a situações adversas”, disse o único prata da casa premiado na modalidade.

“Não esperava vencer, pois o nível dos atletas que se inscreveram para a competição era muito alto. Quando largou no quilômetro 20, me propus a ficar entre os três primeiros colocados e para minha surpresa, fiquei em primeiro. O percurso de Corumbá é muito técnico, pegamos uma serra e o que mais dificultou foi o calor. Sou pentacampeão da categoria elite, no sub-23, no sub-30, dois títulos internacionais e medalha de bronze no Campeonato Brasileiro de Maratona, além do Sul-americano”, disse ao Diário o mineiro Gesiel Nunes, 32 anos, campeão da competição de mountain bike categoria elite.

Segunda edição pré-agendada

O prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, que acompanhou as disputas e até “experimentou” participar de algumas provas, fez balanço positivo da primeira edição do Pantanal Extremo. “Pela primeira vez Corumbá organizou um evento desse porte e nosso balanço é extremamente positivo, tivemos falhas e isso foi bom, porque  só assim podemos consertá-las na próxima edição. O importante é que conseguimos que Corumbá fosse vista pelo mundo como referência de equilíbrio entre o esporte e a natureza. Outro fator positivo, é que com toda a dificuldade que tivemos, os atletas ficaram fascinados com a beleza que viram. Isso nos fortalece, nos dá a certeza de que estamos no caminho certo. Temos que fortalecer o turismo a cada dia como fonte geradora de renda e esse tipo de turismo, onde as pessoas contemplam, cuidam e apreciam tudo o que temos aqui. Com esse ótimo desempenho, já confirmamos o pré- agendamento da 2ª edição do Pantanal Extremo para os dias 06, 07 ,08 e 09 de novembro do ano que vem”, anunciou. 

Em relação ao incentivo da população local à prática de esportes radicais, o prefeito comentou: “Neste ano, fizemos a revitalização de alguns pontos como o Parque Marina Gattass e nosso compromisso é que ele seja reformado por completo e que lá, as pessoas possam praticar os esportes que desejarem e assim, incentivar a geração de mais atletas em nossa cidade”, concluiu.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS