Jogos Universitários Campo-grandenses (JUCG) foram acrescentados ao Calendário Oficial de Eventos

"/>
Esporte Universitário | Luciano Pinheiro | 09/11/2018 14h30

Atléticas acadêmicas terão liga regulamentada a partir de 2019

Compartilhe:

O esporte universitário de Campo Grande deve mudar a partir do ano de 2019. Através da Lei nº6.112, de 30 de outubro de 2018, os Jogos Universitários Campo-grandenses farão parte do Calendário Oficial de Eventos da Capital. A lei foi sancionada hoje pela manhã pelo prefeito Marquinhos Trad.

Estiveram presentes na cerimônia representantes de atléticas de diversas universidades de Campo Grande, entre elas: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Anhanguera-Uniderp, Unigran e Estácio de Sá.

Para o vice-presidente da Atlética de Fisioterapia da UFMS, Alan Ogawa, o decreto tem importância por aproximar o poder público com iniciativas dos acadêmicos, responsáveis por organizar jogos anualmente. “Que ela (a lei) venha a agregar tanto no conceito educacional, quanto no esportivo, e que melhore as condições para nós acadêmicos”, comenta.

O estudante ainda diz que a organização de um torneio como esse pode elevar a qualidade do esporte universitário e possibilita que acadêmicos da capital disputem competições de nível nacional de igual para igual.

(Foto: CG Notícias)

O primeiro passo para a realização do JUCG 2019 foi dado há menos de um mês, em reunião com as atléticas da capital que resultou na criação da lei. Agora, o próximo passo será a criação de uma comissão com sete membros, sendo 3 representantes da Fundação Municipal do Esporte (Funesp), 3 representantes das atléticas e 1 representante da Secretaria Pública de Políticas para a Juventude (SEMJU).

Rodrigo Terra, diretor-presidente da Funesp, fez questão de frisar a equivalência entre membros da fundação e representantes das atléticas. “Precisamos deixar claro que vocês realmente farão parte do projeto e serão ouvidos, senão teríamos espaço para apenas um representante de vocês”, argumentou.

A comissão vai trabalhar a regulamentação da lei no prazo de 60 dias, juntamente com a definição de modalidades a serem disputadas e a escolha das datas dos jogos, que devem acontecer entre os meses de março e novembro.

Perguntado pelo Esporte Ágil sobre a importância do esporte universitário para a cidade de Campo Grande, o prefeito Marquinhos Trad disse que muitos atletas iniciam suas vidas esportivas dentro de estabelecimentos de ensino. “É muito importante a gente ter esses jovens ao lado da administração pública. Muitas vezes eles entram nesses jogos para se divertir e descobrem uma vocação que podem levá-los a representar o nosso estado e o nosso país”, completa.

Por fim, foi anunciada a construção de uma pista de atletismo, de material emborrachado, no Parque Ayrton Senna. A previsão de entrega é para o ano que vem, e a intenção é que ela seja usada nos jogos.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS