Entrevistas | Gabriel Sato | 17/05/2020 07h10

Organizador do Open Pantanal é o entrevistado do Esporte Ágil TV

Compartilhe:

O município de Campo Grande-MS recebe nos dias 5, 6 e 7 de setembro, no Shopping Bosque dos Ypês, a primeira edição do Esporte Open Pantanal. O evento busca reunir o maior número de modalidades esportivas possíveis, e o Esporte Ágil TV, resolveu conversar com um dos organizadores do evento, Carlos Eduardo Vasconcelos, conhecido como Cadu Vasconcelos para saber como funcionará o Esporte Open Pantanal.

Idealizado por ele e mais dois sócios, Jean Hipólito e Alessandro Cardoso, o evento se espelhou no Arnold Classic, com a intenção de reunir no mesmo local várias competições esportivas e feiras de exposições. Segundo Vasconcelos, que é professor de muay thai e faz parte da equipe Aliança Jiu-Jitsu, a ideia foi fazer com que todos os atletas se sintam incluídos no Esporte Open Pantanal. "Tentamos abraçar todos os esportes que conhecemos, então fomos direto nas federações e aproveitamos para fazer pois pegamos o gancho de ter as Olimpíadas de Tóquio 2020."

Para que todos participem do evento, além dos esportes considerados "convecionais", o Open Pantanal também terá a inclusão do paradesporto, com modalidades como bocha e badminton paralímpicos. "A maioria das feiras que conheci não possuem a inclusão do paradesporto, então tomamos essa preocupação para incluirmos todo mundo." Revela Vasconcelos.

Embora seja inspirado no Arnold Classic, o evento terá algumas diferenças. Para que a feira não seja separada das competições, os organizadores mudaram o layout e deixaram as exposições no centro do local, e os torneios ao redor para que seja possível assistir tudo, pois a ideia é ser uma vitrine para vários esportes, dos quais muitas pessoas nem conhecem.

De acordo com Vasconcelos, tudo está caminhando como o esperado. Segundo ele, o evento também terá um cunho social, serão arrecadados alimentos e agasalhos no local, que serão, posteriormente, doados ao Fundo de Apoio Comunitário (FAC).

Essa será a primeira edição do Esporte Open Pantanal e o grupo de organizadores busca fortalecer o nome do evento queremos fortalecer o nome do evento. "Teremos octógono, tatame, ringue de luta, palco de fisiculturismo e miss fitness, strong man (pessoal que puxa caminhão e levanta pneu), luta olímpica, e outras várias modalidades. Não conseguimos trazer todos os esportes, mas tentamos ir ao máximo de federações. Conta Vasconcelos.

Para este ano o projeto é apenas em Campo Grande, mas a meta do grupo é atingir o Centro-Oeste. No ano que vem, a expectativa é realizar o evento na Cidade Morena e em Cuiabá, e para 2022, além das duas capitais, a ideia é fazer o Esporte Pantanal Open em Goiânia.

 

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS