Diversos | Da redação | 03/07/2018 09h09

Guanandizão passará por reforma de R$ 2,3 milhões

Compartilhe:

O governador Reinaldo Azambuja destacou a parceria do Estado com a prefeitura de Campo Grande, em vários setores como infraestrutura urbana, habitação e saúde, para garantir a devolução do ginásio Avelino dos Reis – Guanandizão – à comunidade esportiva e à própria cidade, que será credenciada à captação de grandes eventos esportivos, culturais e religiosos. “É uma parceria positiva construída em benefício das pessoas”, disse.

O governador e o prefeito Marquinhos Trad assinaram neste domingo (1.7) o convênio para revitalização do maior complexo esportivo de Mato Grosso do Sul, pelo qual o Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), repassará ao município o valor de R$ 2 milhões. O custo final das obras de reforma e adequações soma R$ 2,3 milhões e o projeto será executado pela prefeitura, que estima concluir a licitação até o fim do ano.

Tirar jovens do ócio

A assinatura do convênio culminou com uma série de atividades na parte interna do ginásio, organizada pela Fundesporte, o que chamou a atenção do governador para destacar a importância de recuperar uma praça de esportes que não atende apenas equipes de competição, mas a comunidade no entorno e grandes eventos de entretenimento. Ele lembrou que assistiu no local a um show da dupla sertaneja Zezé de Camargo e Luciano.

“A gente fica muito feliz em poder construir uma parceria que traduz em benefícios para a população, vejo aqui os veteranos acima de 55 anos jogando futebol, as mulheres na ginástica e outros no vôlei de areia, temos um espaço para caminhadas”, observou. “A reabertura do Guanandizão – completou Reinaldo Azambuja – vai contribuir, sobretudo, para incentivar os jovens a pratica esportiva, tirando-os do ócio, principalmente das drogas”.

O governador destacou ainda, durante entrevista, que outros estudos para recuperação do ginásio estimam somas maiores de recursos, mas o Estado e a Prefeitura encontraram uma equação financeira que viabilizou o investimento anunciado e permitirá uma intervenção dentro das necessidades do espaço para voltar a ser uma referência do esporte no Estado. “Vamos repassar os recursos ao município e em breve veremos um novo ginásio”, frisou.

Anseio da população

O prefeito Marquinhos Trad também ressaltou a parceria com o Estado para resgatar uma praça de esportes que colocará Campo Grande novamente no circuito dos grandes eventos esportivos de quadra. Ao final da solenidade, o governador e o prefeito, acompanhados de outras autoridades e desportistas, visitaram a parte interna do ginásio, onde ocorrerão as maiores intervenções, desde a troca do piso e reforma do teto, parte hidráulica e instalações elétricas.

A revitalização do Guanandizão, segundo o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Miranda, traduz em um grande anseio dos desportistas do Estado, lembrando que Campo Grande tem deixado de sediar competições de nível nacional por falta de espaço adequado, como a Taça Brasil sub -15 de futebol de salão. Ele disse que a reforma contempla a parte de acessibilidade e também de segurança, um dos itens que levou o ginásio à interdição.

Para o presidente da Federação de Futebol de Salão de MS, Mauro Ferrari, a restauração do ginásio vai não só fortalecer o esporte local, mas permitir a realização de grandes eventos esportivos, os quais beneficiam a rede hoteleira e toda uma cadeia. “Perdemos muitos com o ginásio fechado”, disse, citando que Campo Grande deixou de sediar, recentemente, uma competição nacional por falta de um ginásio com as dimensões do Guanandizão.

Presentes ao ato de assinatura de convênio os secretários de Estado, Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Carlos Alberto Assis (Administração e Desburocratização); deputados estaduais, Beto Pereira e Herculano Borges; presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Campo Grande, João Rocha; vereadores e desportistas.

VEJA MAIS
Compartilhe:

PARCEIROS